Uso De Medicamentos Para Gripe Na Gravidez

gripe na gravidez

gravidez gripe – gravidez gripe

A utilização de medicamentos para gripe na gravidez sempre resultou em dúvidas importantes, seja pelos profissionais de saúde, seja pelas gestantes e familiares. É interessante observar como encontramos artigos conflitantes sobre o tema e nestes casos, vale apoiar-se nos órgãos oficias e que são referências na área. Para elucidar um pouco mais este tema, preparamos um resumo da FEBRASGO e um artigo da Universidade da Califórnia. Boa leitura!

Risco Do Uso De Medicamentos Para Gripe Na Gravidez

Inicialmente deve-se ressaltar que existem algumas classificações de medicamentos conforme o risco associado ao seu uso durante a gravidez. A classificação adotada pelo Food and Drug Administration (FDA – Estados Unidos) enquadra os medicamentos em cinco categorias :

  • Categoria A: medicamentos para os quais não foram constatados riscos para o feto em ensaios clínicos cientificamente desenhados e controlados;
  • Categoria B: medicamentos para os quais os estudos com animais de laboratório não demonstraram risco fetal (mas não existem estudos adequados em humanos) e medicamentos cujos estudos com animais indicaram algum risco, mas que não foram comprovados em humanos em estudos devidamente controlados;
  • Categoria C: medicamentos para os quais os estudos em animais de laboratório revelaram efeitos adversos ao feto, mas não existem estudos adequados em humanos e medicamentos para os quais não existem estudos disponíveis;
  • Categoria D: medicamentos para os quais a experiência de uso durante a gravidez mostrou associação com o aparecimento de má formações, mas que a relação risco-benefício pode ser avaliada;
  • Categoria X: medicamentos associados com anormalidades fetais em estudos com animais e em humanos e ou cuja relação risco-benefício contra indica seu uso na gravidez.

A questão dos medicamentos para resfriado e para gripe na gravidez não poderia fugir deste debate. Há muito os médicos alertam sobre o uso de medicamentos contra resfriados na gravidez, pois alguns dos componentes dos medicamentos não foram bem estudados em gestantes.

Vejam que é uma classificação abrangente e que satisfaz critérios bem específicos. Sobre o temor sempre presente de relacionar má formações com medicamentos, lembremos que o estudo da origem delas mostrou que os medicamentos correspondem em média a 1-2% destas alterações no feto.

Em relação ao feto, o período embriogênico compreendido entre a segunda e 12ª semanas é extremamente sensível, devido à velocidade com que ocorre a multiplicação celular; tal fato dá margem para que os fármacos promovam malformações. A partir de então, há amadurecimento progressivo dos órgãos facilitando, à medida que se aproxima o termo da gestação, as várias etapas de metabolização e excreção.

Apesar destes dados, não podemos esquecer que no organismo materno as modificações gravídicas gerais influem sobremaneira nos processos de absorção, distribuição e, principalmente, metabolismo e excreção das drogas.

Recomendações dos especialistas para uso de Medicamentos Para Gripe Na Gravidez

  • Utilizar o mínimo possível de medicamentos: Vários medicamentos apresentam associações de princípios ativos para um bom número de sintomas como febre, dor, coriza e mialgia. Se necessário, tome medicamentos específicos para seus sintomas específicos.
  • Descongestionantes orais: Quando utilizados no primeiro trimestre da gravidez tem sido relacionados a um risco ligeiramente elevado de anomalias na parede abdominal do feto. Soro fisiológico ou aerossóis podem ser uma solução se usados por pouco tempo e prescritos pelo médico.
  • Atenção a produtos contendo muito açúcar e doses altas de vitamina C e Zinco.
  • Evite medicamentos que contém álcool na composição.
  • Não se automedique. Consulte sempre seu médico.

Sobre o Autor: Telmo Giani

Foto Curso Farmacologia OnlineTelmo Giani é Farmacêutico, Professor e Palestrante. Criou e desenvolve uma Metodologia Diferenciada de Estudo da Farmacologia. Ele consegue sintetizar em vídeos de 5 a 8 minutos as melhores Dicas, Orientações e “Macetes” sobre Doenças e Medicamentos. Já treinou mais de 12.000 Profissionais do Varejo Farmacêutico. Veja neste site: http://farmacologiaonline.com

Clique no banner abaixo para acessar o site:

logo-branco3-600x131